Como perder barriga e não se sentir inchado

barriga inchada“Sinto a barriga inchada! O que é que posso fazer para baixar a barriga?“

Pois então tome nota:

  • Evite os adoçantes, porque embora tenham menos calorias do que o açúcar, têm uma grande quantidade de sódio, o que irá provocar retenção de líquidos.
  • As verduras são melhores quando cozinhadas ao vapor, e se não as puder comer frescas o melhor será congelá-las do que as comer em conserva. Em todas as conservas se adiciona mais sódio.
  • Evite os pratos pré-cozinhados porque têm sal em excesso e gorduras pouco recomendáveis numa dieta saudável, ligeira e depurativa.
  • Beba menos bebidas estimulantes. Pode ter necessidade de recarregar energias e por isso toma este tipo de bebida, só que estas bebidas são estimulantes e não ajudam a desintoxicar. À medida que o seu corpo se limpa, terá mais rendimento com menos esforço, e consequentemente terá também mais energia.
  • Evite o consumo de álcool, pois por muito bem que cuide de si e se alimente correctamente, pode estragar tudo com as bebidas alcoólicas. Se beber álcool, para além das calorias que está a ingerir, irá fazer com que o seu organismo se limpe mais lentamente.
  • Tome alimentos ou suplementos probióticos para equilibrar a sua flora intestinal, a qual pode ficar desequilibrada quando toma medicamentos, com uma má alimentação ou mesmo com o stress. Uma má flora intestinal, para além de nos deixar expostos a possíveis infecções, dificulta a digestão, provoca prisão de ventre, gases, inchaço abdominal, etc.
  • O consumo de ómega 3 ajuda a perder barriga, pois combate as inflamações. Pode ser encontrado em peixes como por exemplo: salmão, sardinhas, atum, etc.
  • Se não gosta de beber agua às refeições, substitua-a por chá vermelho.
  • Evite a roupa apertada, faça exercício físico e caminhadas. Experimente fazer uma massagem drenante e, se conseguir, não durma virado para baixo, pois assim dificulta a livre circulação de líquidos.

 

Uma dieta equilibrada

Podemos resumir um dia de alimentação perfeita apenas nesta frase: “De manhã coma como um rei, ao almoço como um príncipe e ao jantar como um mendigo”. Actualmente a maioria de nós faz precisamente o oposto, e por isso temos todos esses problemas de excesso de peso e obesidade que afectam grande parte da população adulta.

Ao ter um jantar farto, com demasiadas calorias e gorduras, irá fazer com que na manhã seguinte não tenha fome e consequentemente não tome um pequeno-almoço saudável ou que nem sequer tome o pequeno-almoço. Irá assim começar logo o dia com uma dieta desequilibrada. Embora possa custar um pouco, deverá esforçar-se mais para reverter este desequilíbrio.

Ao comer demais ao jantar irá fazer com que o estômago trabalhe excessivamente. Um jantar equilibrado consistiria em comer um peixinho cozido ou grelhado com verduras. É melhor optar por peixe branco para o jantar do que peixe azul, uma vez que o azul tem mais gordura (embora seja gordura boa) e torna-se mais indigesto, sendo melhor optar por deixá-lo para os almoços.

Lembre-se também que as sopas e cremes são uma boa alternativa aos jantares.

É ainda importante deixar passar uma hora e meia a duas horas, antes de ir dormir.

Se após o jantar, e antes de ir dormir, tiver necessidade de comer alguma coisa (embora seja difícil de acontecer, se fez uma dieta correcta ao longo do dia e não saltou refeições), poderá comer:

  • 1 iogurte magro com fruta aos pedaços
  • 1 copo de leite com canela e 2 bolachas integrais
  • 1 queijo fresco com 2 colheres de geleia light de ameixa

Lembre-se que existem saciantes naturais que ajudam a ter menos apetite ao jantar e que são bons aliados numa dieta, sobretudo quando se está a tentar inverter os maus hábitos ao jantar e não se toma o pequeno-almoço. Se seguir estes conselhos irá seguramente conseguir perder peso.

Deixe o seu comentário