Como perder a barriga de forma natural

perder barrigaO termo coloquial “ter barriga” tem um duplo significado. Por um lado pode ser entendido como o excesso de gordura abdominal e por outro como aquela sintomatologia interna de inchaço originada principalmente por maus hábitos alimentares e/ou stress.

 

O que dá origem a uma barriga grande?

Se queremos saber como perder a barriga, temos de ter consciência, em primeiro lugar, das suas causas:

·         Uma má e desequilibrada higiene de vida, entre o qual se destaca uma alimentação caótica, a falta de exercício físico e o sedentarismo. Este caso é um fiel indicador de risco para a saúde. As medidas consideradas como perigosas são os valores que vão dos 80cm nas mulheres e mais de 95cm nos homens.

·         Outra causa da acumulação de gordura abdominal é a originada pelas alterações hormonais. No caso das mulheres a etapa da menopausa e nos homens a etapa da diminuição de testosterona.

·         Inchaço temporário do ventre relacionado com a ovulação e/ou menstruação.

·         Na maioria dos casos o inchaço do ventre como tal, é originado por más digestões, prisão de ventre, desadequada combinação de alimentos, flatulências por fermentação, intolerâncias alimentares e retenção de líquidos, entre muitos outros.

·         Outras causas podem ser: efeitos secundários de alguma medicação, hipotiroidismo, etc.

 

Qual a dieta ou remédio mais adequado a cada caso?

Acumulação de gordura abdominal

A única solução natural para perder barriga é a alimentação e o exercício físico diário.

·         Fazer 5 refeições diárias, pouco abundantes mas regulares.

·         Utilizar técnicas de cozinha saudáveis como grelhados, cozidos e a vapor.

·         Alimentação baseada em cereais, legumes, peixe, ovos, verduras, hortaliças, frutas e um limitado consumo de carnes, produtos lácteos e derivados.

·         Beber agua.

·         Tomar um pequeno-almoço como um rei, comer como um príncipe e jantar como um pobre.

·         Praticar actividade física aeróbica regular e exercício físico localizado.

 

Inchaço abdominal

Nestes casos é recomendável e primordial recorrer a um especialista em dietas ou um nutricionista com o intuito de encontrar a origem do problema.

Muitos dos sintomas que provocam inchaço, impedem frequentemente que se tenha uma boa qualidade de vida.

Será conveniente tratar-se os sintomas logo de início e não deixar passar o tempo. A maioria destes sintomas origina outros mais tarde. São muitos os pacientes vão ao médico por este motivo, mas logo que fazem as alterações necessárias, a solução e o bem-estar vem logo de seguida.

Frequentemente o paciente deve fazer uma mudança na sua alimentação, e segundo o/os sintoma/s, recorrer a suplementos com plantas medicinais e/ou complementos dietéticos naturais.

 

Algumas plantas medicinais coadjuvantes

Se quer saber como perder a barriga não se esqueça de que as plantas medicinais são as nossas melhores aliadas. Alguns exemplos que nos podem ajudar em casos de:

·         Flatulência: Plantas carminativas como o funcho, hortelã, anis, cominho, anis estrelado, etc.

·         Dispepsias: Verbena, tomilho, etc.

·         Más digestões: Camomila, hortelã-pimenta, boldo, etc.

·         Nervosismo e stress: Maracujá, erva-cidreira, valeriana, tília, etc.

·         Prisão de ventre: Cáscara-sagrada, espinheiro, malva.

·         Retenção de líquidos: Dente de leão, urtiga, alcachofra, rabo-de-cavalo, etc.

·         Inchaço pré-menstrual: óleo de prímula, óleo de borragem, calêndula, mil-folhas, etc.

·         Menopausa: Sálvia, cimifuga, angélica, inhame, etc.

 

Lembre-se sempre de que é necessário ser seguido por um especialista. Uma mudança isolada não serve de nada para perder a barriga.

7 Comments

  1. ana Fevereiro 14, 2017
  2. rodrigo Março 18, 2017
  3. Sandro Gonçalves Outubro 3, 2017
  4. como emagrecer facil Novembro 3, 2017
  5. yasmim dos passos Novembro 8, 2017
  6. jaqueline Dezembro 7, 2017
  7. fabiele Bumbum na Nuca Abril 25, 2018

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.